terça-feira, 10 de março de 2009

Sobre a liberdade

A prisão do coronel


Que significa cercear a liberdade de alguém? Quem conhece os fundamentos históricos e filosóficos da prisão decerto estarrecerá o seu espírito, pois não se trata de invenção humana compatível com nenhuma civilidade. O dia de hoje, 10 de março de 2009, tornar-se-á histórico por marcar a prisão de um coronel PM que, tão defeituoso como eu ou qualquer outro ser humano, tem desde jovem um traço característico em sua conduta: a austeridade.
Devido a esta sua índole, é admirado por muitos pares e subordinados. Mas talvez ele jamais soubesse dessa admiração se não fosse preso. Preso... Preso... Palavra nojosa, que nem deveria constar nos dicionários democráticos a não ser como punição destinada a criminosos. Mas não! Esta abominável sentença ainda consta como possibilidade no regulamento disciplinar da PMERJ, xérox de seu equivalente no Exército Brasileiro, não no de hoje, mas no editado em 1946, e ao longo dos tempos tão deformado que se tornou borduna de bugre a ser desferida no quengo dos recalcitrantes. Mas a História, por sua vez, apresenta-nos exemplos marcantes daqueles que venceram nas prisões, bastando lembrar Mandela e Gandhi.
Prender o coronel porque apenas manifestou um pensamento é precedente gravíssimo. Afinal, o coronel, em sendo o posto máximo da carreira, representa o que há de mais nobre no âmbito da instituição PMERJ. Sei que o aprisionado sentirá na alma não o peso de uma falta a expiar, mas o orgulho que deve ter sentido Tiradentes ao ser aprisionado para ser enforcado e esquartejado. Neste ponto, não resisto em grafar a frase de Gandhi: “A prisão não é a grade, e a liberdade não é a rua. Existem homens presos na rua e livres na prisão. É uma questão de consciência.”
Numa semana em que a Igreja Católica reedita o “Santo Ofício” e a “Congregatio Fide” excomungando médicos que evitaram a gravidez consequente do estupro de uma criança de nove anos, nada mais conveniente que imitar o gesto do padre pintado com a tinta da intolerância. Pior é que para dar asas às bravatas externas de políticos que, no fundo, e por sua natureza esquerdista de conveniência, não amam a PM. Muito pelo contrário, detestam-na desde o fígado, passando pela alma, ou, parodiando Descartes, detestam-na nos seus espíritos que correm junto com o sangue que circula em seus corpos. Eles têm ódio da PM, sim, e toda vez que puderem manifestarão isto pragmaticamente. São sacripantas. Convivi com eles, sei disso, não tenham ilusões, irmãos PMs.
Sei que esta prisão é emblemática no seu pior sentido. Representa a falência da autoridade legítima intramuros; representa a máxima circunflexão em nome de um poder que promete e não cumpre; mas, por outro lado, representa o despertar dos homens, acorda-os para a possibilidade de mobilização dos espíritos independentes, em especial daqueles que, como eu, sofreram injustas retaliações no passado.
Creio que a prisão do coronel alertará a oficialidade para a realidade de que a Carta Magna tem de valer também para os militares estaduais, em especial quanto ao direito à livre manifestação do pensamento, desde que não ofenda a honra de terceiros.
O discurso do coronel, em minha paupérrima inferência, não ofendeu ninguém. Demais disso, o problema por ele aventado é histórico e pertence bem mais ao passado. O presente é o único momento de avisar sobre problemas institucionais para solucioná-los. Trazê-los a público é compromisso com a sociedade neste tempo de democracia. Mas, que democracia é esta, que oculta suas mazelas no instante em que deveriam ser revistas? Sim, que democracia é esta?... Ah, voltamos aos tempos das Heresias e da Inquisição com suas brutais torturas, e a prisão do corpo do homem é uma delas.
Curioso é que o coronel, na verdade, repetiu o discurso do secretário de segurança pública, este que muitas vezes veio a público reclamar dos milhares de PMs desviados de função. Nem concordo tanto com a tese do coronel, pois muitos PMs estão a servir no âmbito do sistema de segurança pública, como é o caso do Ministério Público e de outros organismos que são subsistemas do sistema maior, com a ressalva de que não me refiro a subordinações, mas a conceitos doutrinários e sistêmicos. O próprio governante expediu decreto para sanar o problema atacado pelo coronel, e somente o fez porque concorda com o que ele, o coronel, disse. Ora!...
Ora, ora!... O coronel também fez questão de iniciar seu artigo referindo-se a “governantes”, o que demonstrou a sua vontade de focar o problema sem ofender o atual governante, que, por sinal, até comunga com as críticas gravadas pelo coronel. Portanto, não consigo entender a prisão do coronel a não ser como um ato político-retaliatório com estopim de retardo que ainda não fora aceso. Creio que acenderam... E como o coronel ficará preso por quatro dias, vou encerrar o texto com alguns pensamentos sobre a liberdade. Penso que a ele servirá como alimento moral e espiritual e o deixará ciente de que a prisão não pertence somente a ele, mas a muitos outros que lhe são solidários. Espero que não mandem prender seus autores...


"O exílio é aqui, e longe, a liberdade." (William Shakespeare)

"Se você quer entender o amor, aprenda a liberdade." (Paulo Coelho)

"... Amo a liberdade. Por isso, deixo as coisas que amo livres. Se elas voltarem, é porque as possuí, se nao voltarem, é por que nunca as tive..." (John Lennon)

"A liberdade está em se ser dono da própria vida." (Platão)

"Em cada passo da vida há perigos... mas é a sensação de passar por eles que significa a liberdade." (Walter Grando)

"A opressão nunca conseguiu suprimir nas pessoas o desejo de viver em liberdade." (Dalai Lama)

"A natureza reservou para si tanta liberdade que não a podemos nunca penetrar completamente com o nosso saber e a nossa ciência." (Johann Wolfgang Von Goethe)

"Fazer o que você gosta é liberdade, gostar do que você faz é felicidade." (Frank Tyger)

"Felicidade vem da capacidade de sentir profundamente, desfrutar com simplicidade, pensar com liberdade, arriscar e ser necessário." (Storm Jameson)

"A liberdade sem estudo está sempre em perigo, e o estudo sem liberdade é sempre vão." (John Fitzgerald Kennedy)

"É mais difícil preservar a liberdade do que obtê-la." (John Caldwell Calhoun)

"A liberdade duplica as forças e o valor do homem." (Charles François Dumouriez)

"A liberdade é a escola da inteligência." (William Godwin)

"Fiquem atentos; só ficando atentos vocês experimentarão a inebriante sensação da liberdade." (George Ivanoith Gurrdieff)

Quando o homem se convence que sua mentalidade é uma porção de mente infinita, experimenta, com a manifestação da vida inteligente, um sentido de unidade tão maravilhoso que, libertando-se da dúvida e do preconceito goza de plena liberdade mental. Compreende, então, que para o vôo do seu espírito não há alturas nem depressões intransponíveis. É gerador e regenerador de si próprio e sente-se bafejado pelo hálito puro da consciência universal, que lhe transmite o poder de irmanar-se a Deus." (Thomas Brown)

"Para que serve a inimizade, senão para afastar as pessoas dos seus próprios espíritos, para se distanciar de quem poderia ser um guia que o leve às estrelas? Para que serve o ódio se o perdão é tão próximo quanto o calor de um sol tão distante? Para que serve o desprezo, se o amor pode galgar caminhos mais serenos e mais úteis que a arrogância? Para que serve a guerra senão para dividir o mundo, enquanto a paz pode, na pior das circunstâncias, unir todos os povos? Pare pra pensar que nós somos seres que estamos de passagem pelo mundo, que devemos muito mais à natureza do que ela à nós, que precisamos tanto mais de perguntas quanto de respostas e obviamente somos mais minúsculos do que a mesquinhez que apenas cega nossa diferença perpendicular às outras coisas. Olhe a amplidão e contemple a liberdade de respirar os sonhos antes da última morada." (Eliel C. Ferreira)

"Só é digno da liberdade, como da vida aquele que se empenha em conquistá-la." (Johann Wolfgang Von Goethe)

"A grande meia verdade: liberdade." (William Blake)

"A fé consciente é liberdade." (Paulo Coelho)

"Se você quer entender o amor, aprenda a liberdade." (Paulo Coelho)

"A liberdade é uma coisa tão preciosa que devia ser racionada." (Vladimir Lenine)

"Isto é a liberdade: sentir o que o seu coração deseja, independente da opinião dos outros." (Paulo Coelho)

“O homem livre é aquele que não receia ir até ao fim da sua razão.” (Renad, Jules)

“Só é digno da liberdade, como da vida, aquele que se empenha em conquistá-la.” (Goeth, Johann)

“O mais livre de todos os homens é aquele que consegue ser livre na própria escravidão.” (Fénelon, François)

“Nenhum poder humano consegue forçar o impenetrável reduto da liberdade de um coração.” ( Fénelon François)

“A liberdade é um dos dons mais preciosos que o céu deu aos homens. Nada a iguala, nem os tesouros que a terra encerra no seu seio, nem os que o mar guarda nos seus abismos. Pela liberdade, tanto quanto pela honra, pode e deve aventurar-se a nossa vida.” ("Dom Quixote" -
Cervantes, Miguel)

“A liberdade custa muito caro e temos ou de nos resignarmos a viver sem ela ou de nos decidirmos a pagar o seu preço.” (Martí, José)

“Não creio, no sentido filosófico do termo, na liberdade do homem. Todos agem não apenas sob um constrangimento exterior, mas também de acordo com uma necessidade interior.“ ("Como Vejo o Mundo" -
Einstein, Albert)

“A liberdade é uma sensação. Por vezes pode-se esperá-la, fechado numa gaiola como um pássaro.” ("Pavilhão de Repouso" -
Cela, Camilo)

“Se a liberdade significa alguma coisa, será sobretudo o direito de dizer às outras pessoas o que elas não querem ouvir.” (
Orwell, George)

“Nunca se pode concordar em rastejar, quando se sente ímpeto de voar.” (
Keller, Helen)

“O homem livre é aquele que é capaz de ir até ao fim do seu pensamento.” (
Blum, Léon)

“Pela liberdade, assim como pela honra, pode-se e deve-se arriscar a vida.”
(Cervantes, Miguel)

“Quem se torna senhor de uma cidade habituada a viver em liberdade e não a destrói, espere para ser destruído por ela.” ("O Príncipe")

“Os regimes que reprimem a liberdade da palavra, por se incomodarem com a verdade que ela difunde, fazem como as crianças que fecham os olhos para não serem vistas.” ("Fragmentos e Aforismos" -
Borne, Ludwig)

“Praticamente não existe palavra nos dias de hoje que se tenha usado tão mal como a palavra ''livre''... Não confio nela porque ninguém quer a liberdade para todos; todos a querem para si.” ("Discursos" -
Bismarck, Otto)

“Ó liberdade! Quantos crimes se cometeram em teu nome!”
(Roland, Jeanne)

“Querer-se livre é também querer livres os outros.”
(Beauvoir, Simone de)

“Só é verdadeiramente livre quem está sempre pronto a morrer.”
(Diógenes)

“A liberdade é a possibilidade do isolamento. Se te é impossível viver só, nasceste escravo.”
(Pessoa, Fernando)

“Quem com gosto aceita presentes perde a liberdade.”
(Siro, Públio)

“Muitos são os homens que falam de liberdade, mas poucos são os que não passam a vida a construir amarras.”
(Le Bon, Gustave)



4 comentários:

Wanderby disse...

Minha continência ao HONRADO e DIGNO Cel Menezes!
Seu pai (Cap Menezes) e seus filhos têm muito do que se orgulhar.
A sociedade tem do que se orgulhar!

mari torres disse...

Louvado seja a DEUS no céu e paz na terra aos homens de boa vontade...Cel. Menezes DEUS é contigo!!
Um abraço, Mari Torres.

mari torres disse...

Parabens Cel. Emir Larangeira, cada eu me orgulho mais e mais de vc, por ser corajoso e nunca se curvar a nada e nem a ninguem...
um beijo carinhoso te amo!!
Mari Torres.

Anônimo disse...

vcs são injustos quando falam que o Pitta é repetente na escola de oficiais, ainda não existia naquela época Cesar Maia e também a APROVAÇÃO AUTOMÁTICA. Vou pedir ao Cabral para rever isto, pois é fundamental para não constranger coronel limitado.